Três Lagoas

Votação das propostas salariais da Fibria e IP seguem e resultado pode embasar paralisação

Votação das propostas salariais da Fibria e IP seguem e resultado pode embasar paralisação

A assembleia dos funcionários das indústrias de papel e celulose de Três Lagoas começou na manhã desta sexta-feira (19). Neste momento, os trabalhadores da Fibria e International Paper (IP) estão votando o reajuste salarial proposto pelas empresas que é de 0,63%.

O Sindicato dos Trabalhadores em Indústrias de Papel e Celulose (Sititrel) foi enfático ao deixar claro sua posição. “Somos contra o reajuste proposto pela empresa, achamos que os colaboradores merecem um maior reconhecimento. Porém, o que for decidido na assembleia o sindicato irá acatar, pois somos democráticos”, explicou o presidente Almir Morgão.

UNIFICAÇÃO

Ainda de acordo com o presidente do Sititrel, os valores que a Fibria, IP e Eldorado desejam pagar estão defasados em relação às outras categorias. “O sindicato dos comerciários de São Paulo fechou um reajuste real de 2,15%, este é o percentual que vem sendo negociados por todas as áreas. Não tem sentido, apenas, nossa classe ficar de fora destes valores”.

 

Funcionário da Fibria exerce seu direito, depositando voto na urna, na apreciação da proposta da empresa (Foto: Divulgação)

As urnas serão abertas na quarta–feira (24), caso a proposta seja recusada o sindicato promete atitudes enérgicas perante os patronais. “Daremos alguns dias para as empresas se manifestarem com melhores números, caso isso não ocorra iremos para a justiça e a paralisação será levada em consideração”, finalizou Morgão.

PROGRAMAÇÃO

A votação na Fibria e International Paper vai até terça–feira (22) e na Eldorado Brasil o processo será na segunda–feira (22) e prossegue na quarta–feira (24). O sindicato se posiciona em frente às indústrias para a realização da assembleia.

viaVotação das propostas salariais da Fibria e IP seguem e resultado pode embasar paralisação – Perfil News – Notícias de Três Lagoas e região.