Policial

Você não pode perder! Impossível não rir.

Você não pode perder! Impossível não rir.

Após muita expectativa, enfim matei a curiosidade com o inicio do horário gratuito

obrigatório de propaganda política no rádio e na televisão. A maioria das pessoas torce o

nariz para tal programação diária, mas confesso que aguardo a sua chegada com muita

expectativa, pois é o momento de ouvir as intermináveis promessas de campanha que,

como bem sabemos a maioria delas nunca verá a luz do sol. Em nenhum outro momento

do ano de 2014 será possível ver e ouvir tanta gente preocupada com o bem estar do

nosso país. O curioso é que, devido ao tempo reduzido, mal da para entender o que

alguns candidatos tentam falar para os seus eleitores. É um verdadeiro atropelar das

palavras.

É impossível não rir com certos candidatos que não conseguem ao menos esconder com

o olhar que estão lendo alguma coisa, até mesmo as vírgulas são respeitas, parabéns

para os professores de português. É cada figura que aparece na telinha! Como levar a

sério tais artistas do riso involuntário?

Cada candidato tenta chamar a atenção de uma maneira toda peculiar; há os que se

enveredam para a comédia pastelão, outros usam um nome engraçado. Logicamente

que tem gente séria e comprometida, mas o discurso é quase o mesmo: Lutar pelo

bem estar social; criação de mais empregos; diminuir as desigualdades; propor projetos

inovadores. É interessante destacar que nunca saberemos quais são alguns desses

projetos, pois o tempo não lhes permite informar. Alguns, sinceramente, não têm projeto

algum preparado, mas o negócio é prometer e, se ganhar as eleições…

É fantástico viver num país onde, apenas cumprindo alguns requisitos mínimos é

possível se candidatar a algum cargo público. O perfil dos candidatos é o mais variado

possível: médico, advogado, professor, cacique, comerciante, dona de casa, desocupado,

semianalfabeto, enfim, todos tem a oportunidade de concorrer e isso é no mínimo

maravilhoso.

Não adianta pensar que na política só há bandidos e que ela é desprezível. A verdade é

que o sonho do povo brasileiro de viver num país mais justo e igualitário passa por ela,

não há escapatória. Rejeitar a política e taxar todos os políticos como meros ladrões

é uma falácia. Precisamos da boa política e desesperadamente dos bons políticos. O

horário político serve, pelo menos, para conhecer quem é essa gente que quer nos

representar, também serve para mostrar aos eleitores quem realmente já fez algo em

prol da sociedade. Assistir ao horário político não é uma completa perda de tempo como

muitos imaginam, pois, no mínimo você irá se divertir muito e isso já é alguma coisa.

Se você gostou de algum candidato, então, procure saber mais sobre a vida dele,

pesquise cuidadosamente a sua conduta, investigue o que ele pensa e, se gostar do

resultado final vote na convicção de que fez uma boa escolha. Talvez ele ao ser eleito

venha decepcioná-lo, mas, pelo menos você votou consciente e não vendeu o seu voto

por uma ninharia. Se o seu candidato for eleito cobre as promessas insistentemente e se

ele não as cumprir o jeito é bani-lo nas próximas eleições. Simples assim.

Uma sociedade politizada não é manipulada com tanta facilidade. O cidadão tem em suas

mãos o poder de decidir. Não troque o seu futuro e o dos seus filhos por um transitório

ganho material. Faça valer o seu voto!

Por: Alci Massaranduba