- Destaque - Destaque Principal Geral Policial

Terminais de ônibus contam com efetivo da Guarda Municipal para segurança

Os terminais de ônibus da Capital têm guarnições da Guarda Municipal dia e noite. O plano de segurança inclui reforço do efetivo durante os horários de pico, de manhã e a tarde.

A medida serve para garantir a segurança dos usuários e dos funcionários dos terminais, que ainda contará com sistema de videomonitoramento, a ser operado pela Secretaria Municipal de Segurança.

“Temos estudantes, idosos, enfim, vários usuários que precisam de proteção permanente”, afirma o secretário municipal de Segurança, Valério Azambuja. “Os maiores problemas nos terminais são os vândalos e os roubos. Com a Guarda presente esperamos garantir a segurança da população que utiliza os terminais”, comenta.

O número de usuários do transporte coletivo em Campo Grande chega a 250 mil passageiros por dia. Pelo Terminal General Osório, o mais movimentado, cerca de 33 mil pessoas embarcam nos ônibus. O Terminal Guaicurus tem fluxo de 30 mil pessoas, a maioria no horário de pico, no início da manhã e fim da tarde.

“Com a presença permanente dos guardas notei que diminui a bagunça e o vandalismo”, comenta Maria de Francisco, moradora do bairro Universitário e que pega ônibus no Terminal Morenão. “É importante que eles fiquem por aqui enquanto tiver ônibus rodando”, avalia.

“De uns dias para cá notei que sempre tem guardas municipais aqui no Guaicurus e na hora que tem mais movimento tem mais deles”, comenta Luciana Feitosa, moradora do Los Angeles e que embarca no Terminal Guaicurus. “As confusões que já por aqui envolviam alunos, depois que começou a ter a guarda, parou”, revela.

Os guardas que ficarão lotados nos terminais passaram por treinamento para portar armas (letais e não letais) e ficam em serviço 24 horas, de acordo com a Secretaria de Segurança Municipal.

“Sempre pego ônibus no Guaicurus e depois que a guarda começou a fazer a segurança não vi mais confusões. Espero que tenha mais guardas aqui”, conta Sueli dos Santos, usuária do Terminal Guaicurus.

A Ouvidoria Geral de Campo Grande realizou pesquisa com os usuários dos terminais da Capital e o relatório serviu para basear a reforma destes locais, que está em processo de licitação. Com a reforma, haverá aumento do efetivo fixo da Guarda Municipal em cada guarnição.

Estratégias – A Guarda Municipal terá um departamento de informações e estratégias para ajudar a mapear as áreas de maiores alterações em Campo Grande. De acordo com o secretário de segurança Valério Azambuja, “Estamos estruturando, preparando a parte legal deste projeto e o treinamento do pessoal. Esperamos ainda implantar no primeiro semestre”, revela.

Fonte/Autor: Assessoria de Imprensa