Política

Simone Tebet, do PMDB, é eleita senadora pelo Mato Grosso do Sul

Simone Tebet, do PMDB, foi eleita neste domingo (5) senadora pelo Mato Grosso do Sul para os próximos oito anos. Segundo a Justiça Eleitoral, com 100% das urnas apuradas, a peemedebista teve 640.336 votos, o que corresponde a 52,61% dos votos válidos, contra 281.022 do segundo colocado Ricardo Ayache (PT) – 23,09%.

Em seu discurso de vitória na sede do Tribunal Regional Eleitoral do estado (TRE-MS), Simone afirmou que esta foi uma campanha atípica, diferente.

“Não olhamos para o retrovisor, não ficamos falando de adversários. Muitos falavam que iam dar voto de confiança porque confiavam no meu pai. Isso não tem preço e não tem valor. E também vale o meu passado”, declarou.

Simone foi candidata indicada pelo atual governador André Puccinelli (PMDB) e concorreu pela coligação ‘MS Cada Vez Melhor’, encabeçada pelo PMDB e composta também por PSB, PTdoB, PSC, PHS, PRB, PRTB, PTN e PEN.

Disputou o Senado contra Ricardo Ayache (PT), Alcides Bernal (PP), Antônio João (PSD), Lucien Rezende (PSOL) e Valdemir (PSTU).

Simone ocupará a vaga do senador Ruben Figueiró (PSDB), que era segundo-suplente de Marisa Serrano.

Campanha

Simone Tebet começou a campanha em primeiro lugar nas pesquisas eleitorais. Nunca foi ameaçada, manteve a liderança até o final.

Entre as bandeiras de campanha da peemedebista estão aumento dos recursos para a saúde, segurança na fronteira, incentivos fiscais, menos impostos, atenção nas pessoas, educação e requalificação, desenvolvimento com justiça social, imposto zero para medicamentos e valorização do agronegócio.

Biografia

Simone Nassar Tebet nasceu em 22 de fevereiro de 1970 em Três Lagoas (MS).

Advogada e professora universitária, é casada e tem duas filhas. Formada em direito pela Universidade Federal do Rio de Janeiro, fez especialização em ciência do direito pela Escola Superior de Magistratura, mestrado em direito do estado pela Pontifícia Universidade Católica de São Paulo e começou o doutorado em Direito Constitucional. Em 1992, tornou-se professora universitária.

De 1995 a 1997, Simone exerceu a função de consultora técnica jurídica na Assembleia Legislativa e, entre 1997 e 2001, foi diretora técnica no órgão.

Em 2002, a peemedebista foi eleita deputada estadual. Em 2004, ganhou as eleições para a prefeitura de Três Lagoas e, em 2008, foi reeleita para o cargo.

Nas eleições de 2010, Simone foi eleita vice-governadora de Mato Grosso do Sul na chapa do atual governador André Puccinelli (PMDB).

De olho nas eleições deste ano, em abril de 2013, Simone assumiu a Secretaria de Governo do Estado, pasta que deixou em janeiro de 2014.

Resultado completo da eleição para o Senado em Mato Grosso do Sul:

VOTOS VÁLIDOS

Simone Tebet (PMDB): 640.336 (52,61%)

Ricardo Ayache (PT): 281.022 (23,09%)

Alcides Bernal (PP): 204.262 (16,78%)

Antonio João (PSD): 86.971 (7,15%)

Lucien Rezende (PSOL): 3.056 (0,25%)

Valdemir (PSTU): 1.435 (0,12%)

OUTROS RESULTADOS

Brancos: 105.591 (7,31%)

Nulos: 121.647 (8,42%)

Abstenção: 373.191 (20,53%)

viaSimone Tebet, do PMDB, é eleita senadora pelo Mato Grosso do Sul – A Tribuna News – Notícias de Campo Grande e interior do MS.

Simone Tebet, do PMDB, é eleita senadora pelo Mato Grosso do Sul