- Destaque - Destaque Principal Três Lagoas

Saúde e Exército visitaram mais de 4 mil imóveis no Dia de Mobilização contra o Aedes Aegypti

Ação visa reforçar os cuidados no combate ao mosquito transmissor da Dengue, Chikungunya e Zika

 No dia 13 de fevereiro (sábado) a Prefeitura em parceria do Exército Brasileiro por meio das secretarias municipais de Saúde e Trânsito e da Polícia Militar, promoveram ações, referente ao Dia Nacional de Mobilização no combate ao mosquito transmissor da Dengue, Chikungunya e Zika. A 2ª Cia. De Infantaria do Exército Brasileiro divulgou nesta semana o relatório referente à mobilização.

Ao todo, 100 militares e mais de 74 agentes de Endemias e Comunitários de Saúde realizaram esclarecimentos à população na Feira Livre, comércio central e em sete mercados da Cidade. O relatório também apontou que foram abordadas 4.645 imóveis, sendo que 586 estavam fechados.

A ação no dia também contou com blitzes educativas, realizadas em frente ao Exército Brasileiro e no final das avenidas Rosário Congro e Filinto Muller, tendo o apoio dos agentes municipais de trânsito e de policiais militares.

AÇÃO DA SAÚDE

A Secretaria Municipal de Saúde por meio do Departamento de Endemias realiza ao longo desta semana, o trabalho de fumacê. A pulverização é feita por um veículo com Ultra Baixo Volume (UBV) a cada cinco dias, sendo no total de três ciclos, ou seja, em duas semanas em cada região. O objetivo é que, com a passagem do UBV diminua a incidência de mosquitos, incluindo o Aedes Aegypti.

Nesta semana, os bairros que estão recebendo o fumacê são: Vila Nova, Alvorada e Paranapungá.

ZIKA ZERO 

Também está programada para sexta-feira (19), a mobilização nacional da campanha Zika Zero. Todas as escolas e Centros de Educação Infantil (CEI’s) de Três Lagoas vão realizar atividades de orientação com os alunos.

Na ocasião, uma das unidades da REME vai receber a visita de um representante do MEC, que vem ao município para acompanhar as ações da campanha que busca, por meio da abrangência das redes federal, distrital, estaduais e municipais, controlar o mosquito e informar sobre as diferenças e sintomas das doenças.

BOLETIM EPIDEMIOLÓGICO

De acordo com o boletim epidemiológico emitido pelo Departamento de Vigilância Sanitária, a sexta semana fechou com 33 casos notificados enquanto na semana anterior com 86.

De 1º de janeiro até 13 de fevereiro, Três Lagoas registrou 483 casos notificados (suspeitos) de Dengue. Cinco foram positivos e três descartados.

Já o Boletim Epidemiológico divulgado nesta semana pela Secretaria Estadual de Saúde, Mato Grosso do Sul registra 21.982 casos notificados.

Fonte: Assessoria de Comunicação da Prefeitura de Três Lagoas