- Destaque - Destaque Principal Três Lagoas

Rosas homenageiam 11 mortos em acidente trágico há 2 anos

Van que seguia com comerciantes de Três Lagoas para o Paraguai colidiu com caminhão

Nesta quinta-feira (17), a região da Lagoa Maior, em frente ao Shopping Popular de Três Lagoas amanheceu florida de rosas. Os familiares das vítimas do acidente que matou 11 pessoas, alguns comerciantes do local, colocaram duas rosas em cada ipê branco, representando os dois anos de saudade. Os ipês foram plantados no ano passado, quando foi realizada a homenagem de 1 ano do acidente trágico. 

De acordo com o presidente da Associação do Shopping Popular, João Antônio Pereira, o objetivo é realizar essa homenagem todos os anos, porque as lembranças são diárias. Além disso, depois do acidente, a forma de atuação de compra de produtos no Paraguai mudou.

“Para nós representou um alerta essa exposição frequente nas estradas. Hoje nossa logística é diferente, não vamos mais toda semana. Reduzimos a duas vezes ao mês”, explicou.

Além das flores, foi realizada uma cerimônia ecumênica com padre e pastor que lembraram a vida de Adilson Rodrigues Souza, o “Tétinha”, Aline Queiroz, Antônio Pereira Carneiro, Douglas Alexandre Pereira “Vavá”, Fabiano (motorista), Huang Tsan Ming “Ching Ling”, Maria Marlene Andrade, Rafael Morais da Silva “Preto”, Renato Macedo de Araújo “Renatinho” e Samuel Fernandes de Pinho.

Para Gismeire Rodrigues de Sousa e Gilson Rodrigues de Sousa, irmãos de uma das vítimas, Adilson Rodrigues Souza, a tragédia ainda é muito recente e toda homenagem é extremamente emocionante. “Nosso irmão era muito querido entre os colegas de trabalho e um homem e pai dedicado. Faremos a homenagem aqui, participando dessa memória bonita, enquanto for necessário para acalentar nossos coração”, disse a irmã.

A homenagem começou as 7 horas e foi até às 9h30 no local, e alguns familiares ainda permaneceram no shopping celebrando as lembranças dos amigos que partiram. A cerimônia contou com pouco mais de 60 pessoas. O presidente afirma, que após as mortes dos comerciantes, as famílias assumiram as lojas.

ACIDENTE

Na madrugada de 17 de dezembro de 2013, 11 pessoas estavam em uma van que seguia para o Paraguai e que colidiu com um caminhão, no km 152 da BR-267, próximo à Nova Andradina. Com a violência do impacto, os veículos pegaram fogo e os ocupantes da van e o motorista do caminhão morreram carbonizados.

Uma mulher, esposa do motorista do caminhão, e um sobrinho que o acompanhavam sobreviveram. Ambos foram socorridos e encaminhados para o hospital da região.

Há 2 anos, 11 pessoas morreram em acidente trágico
(Foto: Flavia Guedes/Expressão MS)

SARAH MININI, DE TRêS LAGOAS