Três Lagoas

Representantes da Petrobras–RJ conhecem ramal ferroviário e logística da Cidade

A Secretaria Municipal de Desenvolvimento Econômico, comandada pelo secretário Luciano Dutra, recebeu na manhã desta quarta-feira (05 de novembro) representantes do setor de logística da Petrobras do Rio de Janeiro que, vieram conhecer o potencial comercial da Cidade no intuito de planejar investimentos.

Sérgio Machado, gerente de logística de fertilizantes da Petrobras – RJ, Amadeu Farage, membro da equipe de Machado e o gerente administrativo da UFN-3 – Petrobrás local, Marco Antônio Toze, foram recebidos pelo diretor de Indústria e Comércio, Diógenes Marques, que apresentou o cenário de investimentos privados e públicos em Três Lagoas, e recebidos também pelo superintendente regional do Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (DNIT), Milton Rocha Marinho.

“É perceptível que Três Lagoas está crescendo e a prova disso, além das indústrias já instaladas e consolidadas, é a constante visita técnica que recebemos de empresários e representantes com interesse de investir aqui. Com a possível construção do Porto Seco, em breve o Anel Rodoviário e o término do Contorno Ferroviário, Três Lagoas será ainda mais vista no cenário comercial nacional”, comentou a prefeita Marcia Moura (PMDB).

Segundo Toze, o principal motivo da visita foi obter um conhecimento inicial da logística e ramal ferroviário, rodoviário e fluvial do Município. “A empresa tem bons olhos sobre a Cidade, principalmente pela sua posição estratégica, o que facilita e reduz custos para o escoamento da produção da fábrica de fertilizantes”, salientou.

INVESTIMENTO

Durante a reunião, Marques ressaltou os últimos e futuros investimentos que estão sendo feitos em Três Lagoas. “Estamos terminando o Contorno Ferroviário, em breve iniciam-se as obras do Contorno Rodoviário e se tudo correr bem, do Porto Seco. Fazendo cálculos por baixo, será investido cerca de R$ 500 milhões aqui, isso, além de outros motivos, se deve a sua posição privilegiada, contando com abundância hídrica e energética, rodovias, ferrovias, aeroporto além de um pólo industrial multimodalidade”, explicou ele.

Luciano Dutra completou dizendo que “são poucas as Cidades que tem tal potencial, pois além do solo fértil e todos os outros atributos naturais, Três Lagoas está localizada às margens do Rio Paraná, que é uma importante via de transporte e escoamento de produção devido a sua vasta extensão”, disse.

PORTO SECO

Em 2012, o projeto de viabilidade para implantação do empreendimento já havia sido apresentado a representantes da Receita Federal, mas somente no mês de setembro a prefeita Marcia Moura protocolou em Brasília, o projeto de implantação do Porto Seco para Três Lagoas.

Se autorizada sua implantação, o Porto será construído numa área de 202.059 m² cedida pela Prefeitura, com previsão de circulação de 100 caminhões/dia. A obra está avaliada em torno de R$ 50 milhões.

A EADI, além de atrair mais investimentos ao Município facilitará o escoamento de mercadorias aos portos exportadores, como Santos e Paranaguá, com custos mais baixos e preços mais competitivos. Além de dar celeridade ao processo de escoamento de mercadorias para exportação.

 

Por: Assessoria de Comunicação da Prefeitura Municipal de Três Lagoas

viaJORNAL DIA DIA – Representantes da Petrobras–RJ conhecem ramal ferroviário e logística da Cidade.

 Representantes da Petrobras–RJ conhecem ramal ferroviário e logística da Cidade