- Destaque - Destaque Principal Três Lagoas

Recuperação de pastagens é tema de Dia de Campo

Acontece na fazenda São Mateus, em Selvíria/MS, na sexta-feira, 18 de março, o dia de campo intitulado “Tira-Teima a campo em Integração Lavoura-Pecuária (ILP)”. O evento é uma realização da Embrapa Agropecuária Oeste (Dourados/MS), Embrapa Gado de Corte (Campo Grande/MS), em parceria com o Sindicato Rural de Três Lagoas e a Fazenda São Matheus. Durante o evento, autoridades, produtores rurais, pesquisadores, professores e estudantes poderão ver, tirar dúvidas e constatar de perto os benefícios da integração lavoura-pecuária por meio de visita a Unidade de Referência Tecnológica (URT), instalada na fazenda São Matheus.

Os participantes do evento vão conhecer detalhes do Sistema São Mateus (SSMateus), que é uma estratégia de manejo para a recuperação de pastagens degradadas e cultivo de soja, por meio do uso de um sistema de produção diversificado, baseado na integração lavoura-pecuária. A região do Bolsão Sul-Mato-Grossense é formada por 16 municípios do Leste de Mato Grosso do Sul, ocupando área superior a 8 milhões de hectares, onde as principais atividades econômicas são a pecuária de corte e a silvicultura. Essa região do Estado se caracteriza pela ocorrência de solos arenosos e com distribuição irregular das chuvas ao longo do ano, além dos veranicos no período chuvoso, o que dificulta o cultivo de grãos.

“O SSMateus foi desenvolvido para  ampliar as possibilidades de sucesso das lavouras de grãos nessa região. Seu uso proporciona a diversificação das atividades, diluindo os riscos de frustrações, ampliando a rentabilidade e a margem de lucro da propriedade rural. Além disso, também trás melhoria da qualidade dos solos, reduzindo as perdas de água do solo, que podem ocorrer  por meio da evapotranspiração e da erosão e contribui com melhoria do equilíbrio biológico do solo”, explica o pesquisador da Embrapa Agropecuária Oeste, Júlio Cesar Salton.

Para o presidente do Sindicato Rural de Três Lagoas, Marco Garcia, “será uma ótima oportunidade de ver processos bem definidos. O Sindicato estará presente pois acredita no trabalho desenvolvido”.

Programa Terra Boa – O Chefe Geral da Embrapa Agropecuária Oeste, Guilherme Asmus, explica que o SSMateus contribui com o desenvolvimento regional e sustentável do ponto de vista econômico, social e ambiental. Podemos afirmar que é um “caso de sucesso”. Há 7 anos, a Embrapa atua com trabalhos em ILP na fazenda São Mateus e podemos testemunhar a evolução desta propriedade. Segundo ele, vários temas técnicos que foram planejados para levar esclarecimentos aos interessados em conhecer melhor o SSMateus, por meio de palestras. Uma dessas palestras, será a apresentação do Programa Terra Boa, Programa Estadual de Recuperação de Pastagens Degradadas, lançado no dia 8 de março, pelo governador Reinaldo Azambuja, através da Secretaria de Produção e Agricultura Familiar (Sepaf).

“O Programa Terra Boa tem como meta recuperar, em cinco anos, dois milhões de hectares de pastagens degradadas por meio do uso de sistemas integrados de produção. O Governo do Estado, como indutor do processo de desenvolvimento sustentável, atuará direta ou indiretamente, em um conjunto de iniciativas que constituem os componentes do programa: mobilização e capacitação, assistência técnica, financiamento, infraestrutura e logística e incentivos fiscais da ordem de R$ 250 milhões. Para isso serão aportados recursos financeiros da ordem de R$ 12,46 milhões ao longo dos cinco anos de execução do programa, estando previsto somente para 2016 recursos da ordem de R$ 3,23 milhões”, explicou o secretário de Estado de Produção e Agricultura Familiar (Sepaf), Fernando Mendes Lamas.

Serviço:
Tira-teima a campo Integração-Lavoura-Pecuária (ILP)
Data: 18 de março de 2016
Horário: Das 7:30 às 12:00.
Local: Fazenda São Mateus – Selvíria/MS

 

Christiane R. Congro Comas

Ar Comunicação Empresarial

 

Rafael Furlan