Policial

Quadrilha de traficantes é desarticulada dentro do sistema penitenciário

C(Foto: Divulgação)

Foram cumpridos mandados em Campo Grande, Dourados e Corumbá; três estão foragidos

Operação denominada “Progresso” foi deflagrada na manhã desta terça-feira (3) em Campo Grande, Dourados e Corumbá, para desarticular quadrilha especializada no tráfico de drogas. A maior parte dos presos eram detentos do sistema penitenciário do Estado. Foram cumpridos 10 mandados de prisões. Dois quais, seis em presídios.

A ação é da Secretária de Justiça e Segurança Pública de Mato Grosso do Sul (Sejusp) e envolveu o Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado (Gaeco), Polícia Militar, por meio do Batalhão de Operações Especiais (BOPE) e do Batalhão de Policiamento de Choque (BPChoque), além da Agência Estadual de Administração do Sistema Penitenciário (Agepen).

Segundo a assessoria de imprensa da secretaria, a operação foi resultado de cerca de 4 meses de investigações e culminou, hoje, no cumprimento de mais de 10 mandados de busca e outros de apreensão.

Quatro mandados de busca e apreensão foram cumpridos em residências, cujas localidades não foram divulgadas. Seis internos que já cumpriam pena no Instituto Penal de Campo Grande, Presídio Semiaberto da Gameleira, Presídio Estadual de Dourados e unidade prisional de Corumbá foram presos por força de mandado de prisão.

Outra pessoa, que estava em liberdade, foi presa na Capital. Três mandados seguem em aberto para serem cumpridos.

Segundo o setor de segurança, além disso, no decorrer dos meses de investigações seis pessoas foram autuadas e presas, por envolvimento com o tráfico de entorpecentes.

Participação

Os seis mandados cumpridos dentro dos estabelecimentos penais são contra criminosos que, quando soltos, tiveram envolvimento com o narcotráfico. As celas onde cumprem penas foram revistadas e apreendidas diversas anotações que comprovam a ligação com grupos criminosos.

Nas residências, foram apreendidos mais de R$ 11 mil em espécie, vários aparelhos de telefones celulares, um veículo importado de luxo e uma motocicleta, além de mais anotações que terão as informações cruzadas com as encontradas nos presídios.

A operação foi coordenada pelo promotor do Gaeco, Marcos Alex Vera Oliveira, que não divulgou mais informações para não comprometer as investigações, segundo a assessoria da Sejusp.

 

viaQuadrilha de traficantes é desarticulada dentro do sistema penitenciário – Correio do Estado.

Quadrilha de traficantes é desarticulada dentro do sistema penitenciário