- Destaque - Destaque Principal Três Lagoas

Projeto de Três Lagoas fica dentre três primeiros do total de 31 de todo Brasil

Senai Sesi de Inovação seleciona 3 projetos industriais do Estado

O resultado do primeiro ciclo de avaliações do Edital Senai Sesi de Inovação foi divulgado em Brasília (DF) e, dos 31 projetos e empresas de todos os portes escolhidos, foram selecionados três de Mato Grosso do Sul – “Carbonização em Sistema Contínuo com Adição de CO²”, “Pirão de Peixe Instantâneo” e “Artsan Yeast”. A maioria dos projetos selecionados nacionalmente veio de startups (15), seguidos dos de empresas de pequeno (8), grande (7) e médio portes (1), sendo que nesta fase os 31 contemplados terão, no total, R$ 10 milhões para o desenvolvimento dos projetos.

Segundo o técnico Márcio Cortez Chanquini, da gerência de tecnologia e inovação do Senai de Mato Grosso do Sul, os três projetos do Estado aprovados no ciclo 1 do Edital Senai Sesi de Inovação 2015 refletem os resultados de pesquisas aplicadas pelas unidades que atendem as necessidades da indústria sul-mato-grossense. “Os três projetos totalizam mais de R$ 1,8 milhão, que serão investidos para desenvolver as respectivas ideias. O Edital é uma das fontes de fomento para o desenvolvimento da indústria por meio do incentivo a ciência, da tecnologia e da inovação como principais suportes à estratégia de consolidação do crescimento estadual”, afirmou.

O projeto “Carbonização em Sistema Contínuo com Adição de CO²”, que será desenvolvido no Senai de Campo Grande, pretende modificar a atual destinação comum do lixo urbano. “Esse projeto procura quebrar o conceito de aterramento de lixo como solução ambiental. Com o funcionamento do forno de carbonização em sistema contínuo, com adição de CO² transformará o lixo em carvão em pó”, explicou Márcio Chanquini.

Já o projeto “Pirão de Peixe Instantâneo”, que será desenvolvido no IST Alimentos (Instituto Senai de Tecnologia em Alimentos), localizado em Dourados (MS), vai produzir em larga escala um pirão instantâneo para atender a necessidade de pessoas por refeições práticas, rápidas e nutritivas. “A ideia desse projeto é fomentar o consumo de comidas tradicionais da culinária brasileira e, nada mais indicado, que um pirão de peixe”, pontuou o técnico da gerência de tecnologia e inovação do Senai de Mato Grosso do Sul.

O terceiro projeto é o “Artsan Yeast”, que será desenvolvido no ISI Bimoassa (Instituto Senai de Inovação em Biomassa), localizado em Três Lagoas (MS), e cujo o objetivo geral da proposta é escalonar a produção de cinco linhagens de leveduras cervejeiras, ainda não comercializadas no Brasil, para um volume de até 120 litros de cultivo.

O Edital

O Edital Senai Sesi de Inovação funciona por meio de ciclos contínuos de inscrição. Assim, as empresas ainda têm oportunidade de submeter propostas até 8 de dezembro. O Edital de Inovação é uma iniciativa do Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial (Senai) e do Serviço Social da Indústria (Sesi). Nesta primeira fase da chamada, foram recebidas 344 inscrições.

Os 31 selecionados serão desenvolvidos no Paraná (5), em Minas Gerais (5), em Mato Grosso do Sul (3), em Pernambuco (3), em Santa Catarina (3), em Goiás (2), no Amazonas (2), no Pará (2), no Rio de Janeiro (1), no Maranhão (1), na Bahia (1), no Rio Grande do Norte (1), no Rio Grande do Sul (1) e em São Paulo (1).

Nesta edição há R$ 40 milhões disponíveis para o desenvolvimento de novos produtos, processos e serviços que visem ao aumento da produtividade e competitividade das empresas brasileiras. O valor é 31,14% superior ao do ano passado. Os projetos devem ser desenvolvidos em parceria com o Senai ou com o Sesi. O Edital tem como missão financiar projetos de inovação tecnológica.

Serviço – As inscrições devem ser feitas na página do Edital na internet:www.editaldeinovacao.com.br

(Foto: Reprodução/Fiems)

Assessoria de Comunicação Fiems