- Destaque - Destaque Principal Policial Três Lagoas

PRF divulga balanço da operação Falcão II ocorrida em Três Lagoas

A Polícia Rodoviária Federal divulgou hoje (17) o balanço da operação conjunta Falcão II, ocorrida em Três Lagoas que contou com a participação da Polícia Militar, Polícia Civil, Corpo de Bombeiros, Polícia Federal e Ministério Público.

Segundo os dados, em 2015, foram registrados 776 testes de alcoolemia, 87 flagrantes de embriaguez, 24 prisões por embriaguez ao volante, recolhimento de 98  Carteira Nacional de Habilitação (CNH), 1921 multas de redar, além de 27 veículos apreendidos. No total 2664 pessoas foram fiscalizadas, e 3096 veículos foram vistoriados durante a ação.

Diferentemente de 2014, em 2015 não houve registro de apreensão de maconha e nenhuma apreensão por tráfico de drogas. Já os acidentes sem vítimas foram superiores aos que ocorreram no ano anterior. No total foram registrados seis, contra apenas dois ocorridos. Os com vítimas somaram dois, um a menos que em 2015. Somente três feridos foram registrados. Em 2015, a operação constatou apenas um.

De acordo com a Polícia Civil, quatro pessoas foram presas por tráfico de drogas. A polícia também identificou apenas um  crime contra a honra.  Os delitos de lesão corporal no trânsito e flagrantes de embriaguez ocorreram apenas cinco e 24, respectivamente.  Já em 2014, foram registrados quatro e cinco simultaneamente.

De acordo com a PRF, a operação ocorreu em função do evento de moto velocidade que aconteceu em Três Lagoas. Segundo o órgão, objetivo da operação foi oferecer mais segurança nas rodovias federais, além de fluidez no trânsito.

Operação ocorreu em função do evento de moto velocidade ocorrido em Três Lagoas. Foto: Assessoria

Ana Rita Chagas com assessoria

MS NOTÍCIAS