- Destaque Geral Policial

Policial federal é impedido de embarcar e causa tumulto em aeroporto

Agente teria empurrado um servidor, sacado a arma e apontado para o empregado da companhia aérea

Um policial rodoviário federal que não teve a identidade revelada causou tumulto durante o embarque do voo 6909, da companhia aérea Azul na madrugada de quarta-feira (6) no Aeroporto Francisco de Matos Pereira, em Dourados. Segundo testemunhas, ele tentava entrar no avião acompanhando uma criança sem a documentação necessária para a viagem, quando foi barrado.

De acordo com o site Dourados News, o agente ficou revoltado, começou a discutir e invadiu a área restrita para os passageiros. Em seguida, teria empurrado um servidor, sacado a arma e apontado para o empregado da companhia aérea.

Ainda conforme relato de quem esteve no local, após o ato, ele deu voz de prisão para duas pessoas que acabaram detidas.

O Núcleo de Comunicação da Polícia Rodoviária Federal (PRF), afirmou ao portal douradense, que o caso será investigado e o policial identificado. Caso seja confirmado, o mesmo poderá responder um processo administrativo.

“Vamos investigar essa situação e caso ela se confirme, tomaremos as providencias cabíveis para que seja aberto um processo e se resolva o mais rápido possível, pois é um assunto que nos interessa”, comentou o chefe do núcleo, Tércio Baggio.

Já a Azul Linhas Aéreas não se pronunciará sobre os fatos.

Correio do Estado