Policial

PM prende pela 13º vez, homem de 32 anos, suspeito de estar cometendo, novamente, o crime de estelionato em Três Lagoas

O suspeito possui Treze passagens por Estelionato, 01 (Uma) por Ameaça e 01 (Uma) por Receptação

Policiais Militares de Três Lagoas, através de uma equipe da Rádio Patrulha, prenderam na noite desta quarta-feira (03) J.L.C de 32 anos acusado de ter cometido o crime de estelionato na cidade.

O homem é suspeito de ter praticado vários golpes semelhantes em Paranaíba-MS. Conforme informações policiais, a prisão aconteceu quando militares estavam em rondas pela rua Jorge Elias Seba, momento em que foram solicitadas pelas prováveis vitimas do estelionatário.

Elas disseram para os PMs, que o provável autor J.L.C, trabalha com sistema de Segurança privada tais como: cerca elétrica, câmeras, portões eletrônicos, travas elétricas entre outros.

Desta forma, ele se aproxima das pessoas com total desenvoltura e persuasão, prometendo seus serviços e após concluir o orçamento deste, solicita antecipadamente três laminas de Cheques como garantia de seu trabalho e antes de concluí-lo, procura estabelecimentos comerciais onde solicita a troca dos cheques por dinheiro, desrespeitando o prazo tratado com seus clientes que por sua vez, não possuem saldo em conta para desconto das ordens de pagamento, deixando os comerciantes que efetuaram a troca no prejuízo.

Em referencia a pratica citada o suspeito procurou uma empresa de danceteria, oferecendo seus serviços em troca de seu consumo diário, e iniciou a instalação de fios e evadiu-se do local devendo aproximadamente OITO MIL REAIS.

Outra pessoa que trabalha com vendas de equipamento de segurança eletrônica,  afirma que o Autor apresentou Cheques e Orçamentos de seus clientes para que fosse autorizada a entrega dos materiais necessários para o inicio de suas obras, com promessas de pagamentos futuros, sendo que ate esta data nenhum pagamento foi efetuado, constituindo vários golpes distintos.

Que o suspeito possui Treze passagens por Estelionato, 01 (Uma) por Ameaça e 01 (Uma) por Receptação.

Diante das evidências, ele foi conduzido para a Delegacia de Polícia Civil para prestar esclarecimentos.

viaMinuto MS Notícias – Três Lagoas / MS.