- Destaque - Destaque Principal Economia

Pesquisa indica que Dia dos Namorados vai movimentar R$ 168 milhões em MS

Pesquisa sazonal de intenção de compras desenvolvida pelo Instituto de Pesquisa Fecomércio MS (IPF-MS), Fundação Manoel de Barros, a Universidade Anhanguera-Uniderp e Sebrae-MS aponta que neste ano o Dia dos Namorados vai movimentar R$ 168 milhões e levar 82% da população economicamente ativa às compras em Mato Grosso do Sul.

“A movimentação econômica neste ano será 15% menor porque o valor médio do presente caiu. Desta vez teremos mais gente comprando, mas o gasto médio será de R$ 130,00, enquanto no ano passado foi de R$ 159,00”, explica o presidente da Fecomércio-MS, Edison Araújo.

Segundo o site acritica.net, esta é quinta vez que o IPF-MS desenvolve a pesquisa do Dia dos Namorados. Os dados foram coletados em 13 cidades do Estado: Aparecida do Taboado, Aquidauana, Anastácio, Campo Grande, Chapadão do Sul, Corumbá, Dourados, Ladário, Naviraí, Nova Andradina, Ponta Porã, São Gabriel do Oeste e Três Lagoas.

Foram entrevistadas 2.002 pessoas, nos mais diversos pontos de circulação e comercialização de cada uma dessas cidades, de forma espontânea, anônima e sigilosa, durante o período de 11 a 25 de maio de 2015, com nível de confiança de 95% e erro amostral de 2,4%, para os dados consolidados em todas as cidades em Mato Grosso do Sul.

Presentes – Quanto aos presentes, os principais indicados são aqueles considerados úteis e de uso pessoal. Os namorados deverão dar perfumes (21%), roupas (20%), calçados (12%), flores (7%), e bombons ou trufas (7%), presentes típicos desta data. Quando responderam o que gostaria de ganhar, a resposta foi muito próxima da intenção de presentear. Eles preferem receber de presente nesta data, roupas (16%), perfume (16%), calçados (11%) e flores (8%), entre as suas principais escolhas. Entre as escolhas em presentear ou ganhar presente no Dia dos Namorados está muito próximo às intenções dos anos anteriores.

Forma de pagamento e decisão de compra – A principal forma de pagamento escolhida por quem vai comprar presentes será 57% à vista, empregando dinheiro, cartão de débito ou o cartão de crédito. Para os outros 24% deverão comprar a prazo empregando o seu cartão de crédito. O parcelamento se dará em 68% em três parcelas.

Foto: Fábio Jorge

Por: Marco Campos com fotos de TL Noticias