- Destaque Policial

Pai suspeito de estuprar filha de 9 anos em MS morre em cela, diz polícia

Supostos abusos sexuais teriam ocorrido na casa da família, em Corumbá.
Filha de 18 anos flagrou violência sexual e acionou a polícia.

O homem de 42 anos suspeito de estuprar a filha de 9, em Corumbá, a 415 quilômetros de Campo Grande, morreu nessa quinta-feira (14) em uma das celas da 1ª Delegacia de Polícia Civil.

Segundo informações da Polícia Civil, ele foi encontrado morto enquanto esperava para prestar depoimento. Os policiais disseram ainda que o suspeito se matou com um fio de energia enrolado no pescoço. O caso será investigado.

Abuso
O homem foi preso na quarta-feira (13), bairro Aeroporto. A polícia foi acionada depois que a filha de 18 anos desconfiou e armou o flagrante.

Segundo a Polícia Militar (PM), ao desconfiar do pai, a jovem fingiu estar dormindo e depois de alguns minutos ouviu um barulho e a voz do suspeito em tom baixo. Ela acendeu as luzes e flagrou o pai em cima da menina, que estava com shorts abaixado.

O homem jogou um cobertor em cima da criança e correu até a cozinha da residência onde pegou uma faca e passou a fazer ameaças aos filhos. Neste momento, a PM foi acionada.

Recorrente
A menina disse à polícia que o pai usou o dedo para abusá-la e que esse fato vem ocorrendo há meses, mas não contou aos familiares por ter medo de ninguém acreditar. A filha mais velha que armou o flagrante também teria sido vítima de abusos do suspeito.

O autor já tinha passagens pelos crimes de estupro de vulnerável e ameaça. Na casa havia seis crianças que ficaram sob responsabilidade da irmã de 18 anos, já que a mãe é falecida, segundo a polícia.

 

G1