- Destaque - Destaque Principal Política

“O país está parado, questões de ordem não podem atrasar a discussão do impeachment”, diz Simone Tebet

A senadora Simone Tebet (PMDB-MS) criticou a questão de ordem apresentada por sete senadores nesta segunda-feira (25) para que o processo de impeachment contra a presidente Dilma Rousseff seja analisado no Senado em conjunto com o processo contra o vice-presidente Michel Temer. Ocorre que o processo contra Temer ainda não foi nem acatado pela Câmara dos Deputados.

Para Simone, esta questão de ordem é uma maneira de protelar o processo contra a presidente Dilma. “O Brasil não está parando. Já está parado. PIB negativo por três anos seguidos, 10% de inflação, mais de 10 milhões de desempregados. A crise econômica, que não foi gerada por nós, está aumentando em função da inércia do Legislativo. Precisamos dar uma resposta urgente ao povo brasileiro. Não podemos mais é ficar com questões de ordem infundadas protelando o processo e inviabilizando o futuro do país”, disse.

senadora Simone Tebet (PMDB-MS) – Foto: Roberto Castello
Fonte: ASSECOM
Por: Raquel Madeira
Jornal do Estado MS