Política Região

Na Capital, Simone conversa com trabalhadores e reafirma compromisso de gerar emprego através da industrialização

 Na Capital, Simone conversa com trabalhadores e reafirma compromisso de gerar emprego através da industrialização

“Gosto muito da Simone e já venho percebendo há muito tempo a seriedade dela. O que ela fala realmente faz. Vai ser uma grande representante das mulheres em Brasília. Vai trabalhar muito por nós, principalmente na geração de emprego”, disse Viviane Duarte, 39 anos, trabalhadora de uma indústria da Capital.

Viviane representa um grupo de pelo menos 450 pessoas que hoje estão empregados numa fábrica que produz uma variada linha de produtos. Os incentivos fiscais ajudaram a trazer esta entre outras inúmeras unidades fabris para Mato Grosso do Sul. E é isso que a candidata ao Senado e vice-governadora Simone Tebet quer trabalhar em Brasília.

Em reunião com os trabalhadores nesta quinta (4), Simone lembrou que quando foi prefeita do município de Três Lagoas, ajudou a levar a industrialização gerando empregos para a população. “Hoje a maior média salarial das indústrias está em Três Lagoas. A cidade é a mais industrializada do Estado. Na época, com a chegada das empresas, faltava gente para trabalhar e nós oferecemos cursos profissionalizantes”, lembrou.

Simone reafirmou o compromisso de trabalhar no Senado Federal para industrializar o Estado. “Esse é um dos projetos que quero trabalhar em Brasília. Quero que os 78 municípios tenham o que Três Lagoas conquistou. Quero trazer indústrias para gerar emprego, para que vocês possam melhorar o salário”, disse aos trabalhadores.

Outlet

Durante o encontro, Simone informou que na mesma região será construído um shopping Outlet. O complexo que deve ficar pronto no primeiro trimestre de 2015 será construído numa área de 12 hectares, doada pelo governo do Estado. Como vice-governadora, a candidata participou de negociações para trazer ao empreendimento uma loja de marca famosa que atua na comercialização de vestuários destinados aos públicos feminino e masculino.

“Esse shopping terá lojas vendendo tudo por 50% o ano inteiro. Essa loja de outlet, por exemplo, ia para outro Estado, mas conseguimos trazer para Campo Grande. É assim que a gente faz, procuramos trabalhar para trazer indústrias que vão gerar centenas de empregos diretos e indiretos”, ressaltou Simone.

O shopping Outlet será construído no anel viário de Campo Grande, entre as saídas de Aquidauana e Sidrolândia e o acesso é feito pelo anel rodoviário. Simone explicou que há um projeto para abertura de outro acesso e que deve atender a ampliação do Aeroporto Internacional. O complexo deve gerar 700 empregos diretos e outros 1,5 mil indiretos.

viaJORNAL DIA DIA – Na Capital, Simone conversa com trabalhadores e reafirma compromisso de gerar emprego através da industrialização.