Região

Menor volume de água gera intervenções na região

Menor volume de água gera intervenções na região

Equipes da Prefeitura de Guararapes atuam para o desassoreamento de um reservatório secundário

Araçatuba, Guararapes, Mirandópolis e Penápolis tiveram que fazer intervenções para evitar medidas emergenciais e garantir o abastecimento de 177 mil moradores. Em comum, as quatro cidades dependem, parcial ou completamente, das águas superficiais para atender a demanda pública.

No maior município da região e único não ribeirinho a usar água do rio Tietê para abastecer a população, a concessionária Samar (Soluções Ambientais de Araçatuba) foi obrigada a implantar, no mês passado, um sistema de captação flutuante, que busca água a qualquer distância da estação elevatória, perto da ponte Pio Prado.

A investida ocorreu porque o rio Tietê, responsável pelo abastecimento de 55 mil moradores em 32 bairros araçatubenses, baixou seis metros e suas margens recuaram. O investimento foi de aproximadamente R$ 800 mil.