- Destaque Policial

Megatraficante preso novamente em operação da Polícia Federal

Ivan Mesquita, que já esteve detido nos Estados Unidos, foi capturado em Ponta Porã

Apontado como megatraficante internacional de drogas e no passado até mesmo negociador de armas com as Forças Armadas Revolucionárias da Colômbia (Farc), o que lhe valeu ser extraditado para os Estados Unidos após uma prisão no Paraguai, em 2005, o brasileiro Ivan Carlos Mendes Mesquista foi preso novamente, ontem, em Ponta Porã, durante Operação Mosaico, da Polícia Federal. 

Três pessoas foram capturadas na fronteira com o Paraguai, dentro da ação policial que teve por objetivo desmantelar organização criminosa que movimentava cargas de cocaína e maconha dos países produtores para revenda em São Paulo e posterior remessa à África e Europa.

Ontem pela manhã, segundo a Federal, foram cumpridos 19 mandados de prisão preventiva e 12 mandados de busca e apreensão, nos estados de São Paulo, Mato Grosso do Sul e Paraná. Das prisões, 11 (três em São Paulo, quatro em Piracicaba, três em Dourados  e uma em Campo Grande) referem-se à indivíduos que já se encontravam custodiados em presídios. Entre as oito novas prisões, uma aconteceu em Ponta Porã, tendo como alvo, exatamente, o líder do grupo, Ivan Carlos Mesquita. As demais foram executadas em São Paulo e Limeira.

Parte do dinheiro apreendido pela Federall em poder de Ivan Mesquita
(Foto: divulgação)

Redação

Correio do Estado