Geral

Justiça reprova as contas de candidatos a Deputado e ao Senado

A Justiça eleitoral deu o prazo de 72 horas para que candidatos que disputaram as últimas eleições em Mato Grosso do Sul se manifestem sobre as improbidades apontadas pela Coordenadoria de Controle Interno e Auditoria na prestação de suas contas.

Ao todo, 23 prestadores tiveram as contas reprovadas, dentre eles: a senadora eleita Simone Tebet (PMDB), 12 deputados estaduais e três federais.

Além da senadora Simone Tebet, tiveram as contas reprovadas os deputados estaduais eleitos: Paulo Corrêa (PR), Eduardo Rocha (PMDB), Mara Caseiro (PT do B), Pedro Kemp (PT), Grazielle Machado (PR), Amarildo Cruz (PT), Maurício Picarelli (PMDB), Junior Mochi (PMDB), Renato Câmara (PMDB), Cabo Almi (PT), Antonieta Amorim (PMDB) e Zé Teixeira (DEM).

Na relação consta ainda os nomes dos deputados federais eleitos Márcio Monteiro (PSDB), Carlos Marun (PMDB) e Tereza Cristina (PSB).

Também tiveram as contas rejeitadas os seguintes candidatos a deputado estadual: Pastor Isaías Bittencourt (PRB), Ângelo Guerreiro (PSDB), Flávio Kayatt (PSDB), André Salineiro (PSDB), Antônio Vaz (PRB) e Daltro Fiuza.

Dos candidatos a federal, apenas Coringa (PSD) teve as contas reprovadas.

 

viaJustiça reprova as contas de candidatos a Deputado e ao Senado – Notícias de Três Lagoas – MS – Radio Caçula.

Justiça reprova as contas de candidatos a Deputado e ao Senado