Três Lagoas

Justiça pode bloquear R$ 50 milhões da Petrobras para pagar operários

Justiça pode bloquear R$ 50 milhões da Petrobras para pagar operários

A Justiça acatou o pedido do Sintiespav (Sindicato dos Trabalhadores na Construção Civil Pesada) e determinou o bloqueio de quase R$ 50 milhões das contas do Consórcio UFN3, responsável pela construção de 82% das obras da Fafen (Fábrica de Fertilizantes Nitrogenados) da Petrobras em Três Lagoas, para pagar salários, multas e rescisões trabalhistas atrasados de aproximadamente 2,7 mil trabalhadores e ainda garantir as passagens deles de volta para as cidades de origem.

A decisão foi tomada pela juíza substituta do trabalho, Daniela Rocha Rodrigues Peruca, na noite de sexta-feira (12), que garantiu que se não encontrar o valor nas contas do Consórcio vai sacar diretamente das contas da Petrobras para garantir os pagamentos dos trabalhadores.

Na última quarta-feira (10) o Sintiespav havia entrado com pedido de liminar para que fossem bloqueados R$ 80 milhões da UFN3, porém, a juíza pediu para que fosse realizado um levantamento oficial de quantos trabalhadores ainda não haviam recebido e o valor total da dívida. “Atendi ao pedido e passei um relatório com o montante de R$ 49.880.427,02 que seria necessário para repassar aos ex-funcionários do consórcio”, destacou.

 

viaJustiça pode bloquear R$ 50 milhões da Petrobras para pagar operários – Correio do Estado.

Justiça pode bloquear R$ 50 milhões da Petrobras para pagar operários

Comente via Facebook

comentários