- Destaque - Destaque Principal Três Lagoas

Infrações cometidas em vagas especiais de trânsito tem multas dobradas

Desde o dia 7, todos que estacionarem ou pararem irregularmente em vagas especiais correm o risco

A multa aplicada a quem estaciona indevidamente em vaga especial para idosos ou pessoas com algum tipo de deficiência ficou mais rígida desde a última quinta-feira (7). A medida entrou em vigou, após a alteração da Lei Federal 3146, publicada em julho de 2015, que apresenta a proposta de duplificação no valor da multa aplicada ao condutor que cometer este tipo de infração.

Segundo informações de Creusa Ramos, diretora do Departamento Municipal de Trânsito, a medida tem ajudado a garantir a inibição de infrações. “Esta medida trata-se de uma forma de educar a população, para que não ocorram esses transtornos”, confirmou.

A diretora informou, também, que esta medida foi expressa diretamente pelo Contram (Conselho estadual de Trânsito), que prevê a duplicação da lei, que antes se enquadrava na categoria leve, sendo cobrado um valor de R$ 53,90 e descontado 3 pontos na carteira nacional de habilitação (CNH). Agora, será cobrado um valor de R$127,69 e descontados 5 pontos na CNH, havendo uma mudança na categoria, que agora se enquadra nos casos graves.

“A mudança vai doer no bolso dos infratores. Infelizmente, essa é a melhor forma de garantir que as pessoas respeitem a lei. Era preciso uma lei mais rígida, para que as pessoas se conscientizassem. Muita gente não quer deixar o carro longe da onde deseja ir, e acaba fazendo isso. Tem que haver consciência”, explicou Ramos.

A diretora acrescentou, ainda, que os agentes de trânsito estão em fiscalização visitando as vagas especiais para saberem se estão ocupadas por quem deve. Além disso, é possível denunciar irregularidades, quanto à ocupação das vagas especiais, através dos telefones do Detran 35098700.

Max Souza

Hojemais