Brasil

Igreja quer levantar discussão sobre temas polêmicos na Campanha da Fraternidade

(Foto: Bruno Henrique / Correio do Estado)

Segundo Arcebispo Dom Dimas, questões vão de corrupção na Petrobras a aborto

Neste ano, a Campanha da Fraternidade, realizada pela Igreja Católica, que começa nesta quinta-feira, terá como tema “Igreja e Sociedade” e irá abordar questões polêmicas como aborto, união homoafetiva e escândalos políticos como o caso de corrupção na Petrobras. “Uma sociedade saudável se faz com pessoas comprometidas com a mudança, não dá pra dar o jeitinho brasileiro”, afirmou o Arcebispo de Campo Grande, Dom Dimas.

Segundo o Arcebispo, a escolha do tema para cada campanha, é feita dois anos antecedentes ao seu lançamento, sempre no mês de junho, ou seja, a campanha de 2015 foi definida justamente durante as manifestações políticas que aconteceram em 2013.

A campanha propõe ainda buscar novos métodos, atitudes e linguagens na missão da Igreja de levar a palavra a cada pessoa.

A Campanha segue até a Páscoa, e todo o dinheiro arrecadado com ofertas e atividades dos fieis será repassado ao Fundo Nacional de Solidariedade.

 

viaIgreja quer levantar discussão sobre temas polêmicos na Campanha da Fraternidade – Correio do Estado.

Igreja quer levantar discussão sobre temas polêmicos na Campanha da Fraternidade