Três Lagoas

Hospital Nossa Senhora Auxiliadora anuncia mudanças

Hospital Auxiliadora anuncia mudançasHospital Nossa Senhora Auxiliadora realizou na terça-feira (04)
de fevereiro, uma coletiva de imprensa no auditório onde foram apresentadas algumas mudanças que irão beneficiar os usuários da instituição, em especial os que necessitam do atencimento do SUS – Sistema ùnico de Saude. O assunto da coletiva foi o sistema de acolhimento com classificação de risco e a visita ampliada.

O atendimento classificatório, em que casos de urgência e emergência serão identificados de uma maneira rápida, por meio de triagem, e irá possiblitar mais agilidade no atendimento, além de ser trabalhado com cores definidas pelo SUS. 

Segundo o coordenador e enfermeiro do Hospital Auxiliadora, Carlos César Barbosa Júnior, ” a classificação visa melhoria na prestação dos seriços aos pacientes. A classificação ajudará o paciente a evitar o desespero em relação ao tempo de espera e vai oferecer atendimento rápido, resolutivo, humanizado e acolhedor”, destacou o enfermeiro.

Carlos explica ainda que o paciente ao chegar no hospital passará por processo de classificação de risco, onde um enfermeiro capacitado fará uma anamnese, exames fisícos e aferimentos dos sinais vitais, para então, estabelecer o inível de urgência para cada atendimento.

A Classificação é feita por meio das cores:

vermelha, amarela, verde e azul

. Caso o paciente for classificado como vermelho, ele receberá atendimento imediato. Como amarelo, irá esperar de 30 minutos caso haja alguma interocorrência. O coordenador reforça que mesmo com o tempo de espera, o paciente será reavaliado pelo enfermeiro para verificar se a situação não será agravada.

Já os classificados como verde ou azul, continuação aguardando na recepção até que todos os casos classificados como vermelho e amarelo sejam atendidos, pois são de caráter de urgência.

Visita Ampliada


Seguindo a política de humanização do atendimento do Auxliliadora, a visita ampliada já é uma realidade. Para a psicóloga, Sarah Calixto Casasco Oliveira, esse projeto irá beneficiar os familiares e os pacientes internados do SUS por mais 4 horas.

“Os horários serão estendidos de uma hora de visita para quatro horas. O Horário será das 15h00 às 19h00. É muito importante ter esse horário flexível para o contato e convívio entre familiares e pacientes, disse.

Resultados são visíveis com esse projeto, pois diminui o estresse ocasionado nos pacientes pela permanência no ambiente hospitalar e irá facilitar a consiecentização, prevenindo doenças psicológicas e facilitando o convívio.

Um outro projeto, que também já está sendo realizado, foi apresentado pelo diretor administrativo, Eduardo Otonni e a imprensa viu na prática o funcionamento dessas ações.

 

{source}
{gallery}http://www.flickr.com/photos/114530927@N06/sets/72157640535197954/{/gallery}
{/source}