- Destaque - Destaque Principal Três Lagoas

Hospital Auxiliadora comemora o Dia Mundial do Rim com ações de prevenção

Ação será realizada na praça Ramez Tebet nesse sábado a partir das 08h00

No dia 10 de março comemora-se o Dia Mundial do Rim, e o Hospital Auxiliadora preparou ações de orientação com o intuito de informar a população sobre a prevenção de doenças renais. Com o tema “A prevenção da doença renal começa na infância”, a campanha deste ano tem como foco a doença crônica renal (DRC) que atinge as crianças, e visa somar forças para aumentar a conscientização da importância em identificar e tratar doenças renais na infância, incentivando assim o diagnóstico precoce e um estilo de vida saudável para crianças e seus pais.

De acordo com a enfermeira coordenadora responsável pelos Serviços de Diálise, Patrícia Corrêa, duas ações serão realizadas em comemoração ao Dia doRim: uma interna e outra externa. A movimentação interna tem por objetivo orientar os colaboradores do HNSA, distribuindo fitas, panfletos de orientação e visitando a ala de Pediatria da instituição. No sábado (12), será realizado um evento na Praça Ramez Tebet, onde uma equipe multidisciplinar – que reúne médicos, enfermeiros, psicólogos, nutricionista e assistente social – irá fornecer orientações profissionais sobre o bom funcionamento dos rins, além de realizar aferição da pressão arterial, testes de glicemia e medição do índice de massa corpórea (IMC).

“A nossa intenção é alertar os pais, cuidadores e toda a sociedade sobre os fatores de riscos que acercam a doença renal na infância. Ela atinge de forma silenciosa as crianças, mas trás consequências devastadoras, acarretando em complicações graves no crescimento e desenvolvimento. É alta a complexidade de um tratamento difícil, caro e trabalhoso”, explica Patrícia.

O médico nefrologista do Hospital Auxiliadora, Dr. Renato Pontelli, informa que a quantidade de pessoas com alterações no funcionamento dos rins é grande. “No Brasil há cerca de 100 mil pessoas em tratamento de hemodiálise; só em Três Lagoas temos 75 pacientes que realizam o tratamento no Hospital Auxiliadora, e acredita-se que, estatisticamente, para cada um destes há pelo menos outras 20 pessoas com disfunção renal que desconhecem o problema. A ideia da campanha é tentar localizar estas pessoas”, afirma o médico.

Em 2015, o Brasil foi o 3º país com o maior número de atividades, ações e iniciativas realizadas no Dia do Rim. “Há anos o Hospital Auxiliadora vem realizando esse evento, onde vários colaboradores são mobilizados. A ação é de extrema importância, pois traz resultados positivos, como a possibilidade de identificar pacientes que precisam do tratamento. Uma população bem informada alcança uma melhor qualidade de vida”, ressalta Patrícia.

O Hospital Auxiliadora trabalha para levar informação e saúde até você. Participe desta ação!

 

Adriano Vialle