- Destaque - Destaque Principal Três Lagoas

Hemonúcleo de Três Lagoas busca doadores de medula óssea

O Hemonúcleo de Três Lagoas precisa de voluntários para fazer o cadastro no Redome (Registro Nacional de Doadores de Medula Óssea) e consequentemente ficarem disponíveis para doar medula, se houver compatibilidade.

De acordo com Jaqueline Amália, responsável pelo setor de doação de medula do Hemonúcleo, as pessoas temem fazer o cadastro por acreditarem que vão ter que dor naquele momento. “Na verdade, fazemos apenas o cadastro e colhemos uma pequena amostra de sangue, de 5 ml. O voluntário só vai doar a medula se for compatível com alguém que esta na fila de espera”, explicou.

O cadastro é nacional e o doador compatível terá todo auxílio financeiro e clínico para ir até o paciente que precisa. Segundo Silvana, é difícil encontrar compatível, a média hoje é de cada 100 mil doadores apenas um será compatível.

No ano passado, um doador de Três Lagoas foi compatível, porém, o Homonúcleo não sabe quem é, pois, o SUS passa a ser o responsável pelo doador compatível e não repassa informações para a unidade.

Podem doar medula óssea pessoas com idades entre 18 e 55 anos e que apresentem boa saúde.

 

Gisele Mendes

Hojemais, Três Lagoas