- Destaque - Destaque Principal Geral Três Lagoas

Governador fala da expansão da Eldorado e sobre o desenvolvimento de Três Lagoas

Eldorado prevê cerca de 600 trabalhadores para esta obra

“Ficamos contentes em anunciar para Três Lagoas e região a ampliação da Eldorado no município”. Com essas palavras, o Governador Reinaldo Azambuja (PSDB) iniciou a entrevista com o Hojemais a respeito da nova linha de produção da Eldorado Brasil anunciada na última segunda-feira (4) pelo CEO da empresa, José Carlos Grubisich.

Azambuja comenta que desde o início do governo, o estado e a iniciativa privada têm planejado e conversado a respeito dessa ampliação. O governador lembrou que o Brasil enfrenta uma situação de retração econômica e de baixo crescimento e um investimento dessa magnitude pode alavancar, a nível regional, o crescimento em diversos aspectos.

A terraplanagem começará em breve e Azambuja já confirmou presença para o lançamento oficial da pedra fundamental.

“Uma indústria que em 2018 estará em operação, gerando empregos, gerando divisas, gerando desenvolvimento para o Mato Grosso do Sul, é de muita importância para nós”, reiterou o governador.

Considerado o maior empreendimento do Brasil em 2015, Azambuja ressaltou, ainda, que o governo se preocupa agora em especializar a mão de obra para atender todas as demandas da fábrica de celulose. Desde a construção até o operacional em 2018, indo até mesmo para a expansão florestal, o governo quer gerar emprego nessa: “fase delicada do país”, ponderou.

DEMANDA 

Azambuja explica ainda que os benefícios dessa expansão vão além do site da empresa. “Na questão de Três Lagoas precisamos aumentar o efetivo de Polícia Militar, Polícia Civil e Corpo de Bombeiros. Recentemente entregamos novos equipamentos e novos policiais e bombeiros para o atendimento no município. Além de adquirirmos parceria na área de drenagem e pavimentação asfáltica para Três Lagoas”, afirmou Azambuja.

SAÚDE

Além disso, no setor da saúde, o governador falou sobre a atual situação. “A Caravana da Saúde terá sua próxima parada em Três Lagoas e estaremos atendendo toda a população, também com intuito de diminuir a fila de operações. Com respeito à caravana, temos vários tipos de cirurgia oftalmológica como cataratas, cirurgias ginecológicas, tomografias, dentre vários outros exames, para zerar uma fila enorme que existe. Essa demanda de várias cirurgias que não são realizadas será atendida na semana que a caravana estiver na cidade”.

UFN3 – ASSUNTO QUASE RESOLVIDO

Aproveitando o gancho no assunto geração de emprego, Azambuja comentou a liminar judicial que bloqueou 35 milhões de reais da Petrobras para pagamento de débito que a estatal possui junto aos fornecedores empresários de Três Lagoas.

“Isso irá reparar um dano enorme, onde os empresários estavam aflitos. Tivemos na Petrobras, estamos trabalhando e contentes com essa ação do ministério público estadual e com essa ação da juíza, que teve muita coragem em reparar esse prejuízo aos fornecedores e principalmente aos que acreditaram na Petrobras, e ofereceram e prestaram o serviço para ao UFN3 e infelizmente não conseguiram receber pelo serviço prestado”, finalizou o governador.

Terraplanagem: Eldorado prevê cerca

de 600 trabalhadores para esta obra

A informação de ampliação da fábrica de celulose Eldorado Brasil veio de encontro aos anseios da população três-lagoense.

Em virtude do momento econômico que o País vive e, por consequência, do que passou o município nos últimos meses, à notícia proporcionou ‘sopro de esperança’ aos muitos trabalhadores que estão desempregados e também ao comércio local.

Neste primeiro momento, segundo informações da assessoria de comunicação, a Eldorado prevê cerca de 600 trabalhadores para as obras de terraplanagem. As mesmas deverão durar seis meses antes do ‘ponta pé’ inicial para ampliação da unidade.

A pedra fundamental deve ser inaugurada nas próximas semanas e, como revelou o governador Reinaldo Azambuja (PSDB) ao Hojemais, contará com a sua presença durante a solenidade.

André Mitterer

Hojemais