Outros

Francieli foi eliminada por falha da produção e inimigo externo

Foto: Paulo Belote/TV Globo

O próprio Big Brother se tornou o grande inimigo de Francieli. Um erro grave na dinâmica do reality show contribuiu para a eliminação da conciliadora criminal, com 58% dos votos, na noite de terça-feira (27).

O oponente dela, o motoboy Douglas, indicado pela líder Mariza, saiu vitorioso do primeiro paredão desta décima quinta edição do programa.

Informações privilegiadas trazidas pelo teólogo Marco, que entrou na casa em substituição ao bailarino Rogério, foram determinantes para a saída da gaúcha.

Último a ir para o confinamento no hotel, apenas dois dias antes da estreia do reality, ele teve tempo de assistir a um vídeo no site do BBB, no qual Francieli revelou sua estratégia de guerra: “Vou fazer muitos aliados no início. Mas depois vou queimar todo mundo”.

A revelação se espalhou rapidamente. A até então amável Francieli passou a ser vista (e tratada) como manipuladora, falsa e perigosa. A informação trazida de fora por Marco a deixou em desvantagem na competição.

Alguns brothers tiveram um ataque de ingenuidade tardia e se sentiram ofendidos com a suposta falta de ética de Francieli, enviada à berlinda com 6 votos.

Talvez os paladinos da retidão tenham se esquecido de que estão em uma atração de TV na qual as pessoas entram para eliminar umas às outras com o objetivo de ganhar dinheiro e fama instantânea. Discutir nobreza moral parece piada.

Big falha

Teoricamente, nenhum participante do Big Brother pode entrar na casa com informações especiais sobre um ou mais competidores. Questão de igualdade de condições de jogo.

A graça entre os brothers, e também para o telespectador, é justamente descobrir aos poucos a personalidade e a estratégia de cada candidato.

Porém a produção do BBB não contava com a desistência repentina do bailarino Rogério. Para substituí-lo não havia o que no teatro se chama de ‘stand-in’, um sucessor de plantão.

O correto era a Globo ter mantido pelo menos uma pessoa extra confinada para, em caso de imprevisto, assumir o lugar vago.

Ao ser entrevistada por Pedro Bial após a eliminação, Francieli desabafou: “Chegou uma pessoa com informações de fora”. E confirmou o estratagema denunciado por seu ‘inimigo externo’ Marco: “Não ia entrar (na casa) com carinha angelical. Já tenho quase 40 (anos)”, disse.

Além da decepção por deixar o reality com fama de vilã, a conciliadora criminal enfrentará a ameaça de perder o emprego por “desatender aos deveres de lealdade e boa-fé”, de acordo com nota divulgada pelo Tribunal de Justiça do Rio Grande do Sul.

Francieli é acusada de não ter solicitado o afastamento do trabalho para entrar no BBB15, o que caracterizaria abandono de emprego.

Será questionada ainda por ter usado uma sala do Tribunal de Justiça para gravar uma entrevista para a produção do Big Brother Brasil. Seus superiores teriam sido induzidos a pensar que se tratava de uma matéria ‘séria’ para o Encontro com Fátima Bernardes.

 

viaFrancieli foi eliminada por falha da produção e inimigo externo | | Sala de TV.

Francieli foi eliminada por falha da produção e inimigo externo