- Destaque - Destaque Principal Três Lagoas

Fibria entrega R$ 6,2 milhões em obras, equipamentos e veículos para a cidade de Três Lagoas (MS)

Educação, saúde, trânsito e segurança pública recebem obras de reforma e ampliação, além da aquisição de novos equipamentos por meio do Programa Básico Ambiental (PBA)

A Fibria, líder mundial na produção de celulose de eucalipto, age de forma responsável para fomentar o desenvolvimento contínuo das comunidades onde tem atuação. Com o Projeto Horizonte 2, construção de uma segunda linha de produção de celulose na unidade em Três Lagoas (MS), a empresa reafirma seu compromisso por meio do Programa Básico Ambiental (PBA) que já investiu R$ 6,2 milhões na compra de equipamentos, veículos, reformas de escolas e centros de saúde, entre outras ações para o município de Três Lagoas (MS).

Nesta sexta-feira, dia 16, a Fibria fará a entrega dos itens do PBA que contempla as áreas de saúde, educação, trânsito e segurança pública, a partir das 16 horas, na Rua Almirante Barroso, 2536, atrás da Clínica da Mulher. O investimento de R$ 6,2 milhões beneficiou ações que foram apresentadas como prioritárias pela Prefeitura Municipal e o Comitê de Desenvolvimento Sustentável (Codesus) de Três Lagoas.

Na área de educação, o investimento é em reformas e ampliação para a Escola Municipal Filinto Müller e os Centros de Educação Infantil (CEI) Diógenes de Lima, Massumi Otsubo e Diva Garcia.  Já o Centro Juvenil Jesus Adolescente – Missão Salesiana também será beneficiado com melhoria das instalações. Para a Escola do Excepcional (APAE), será comprado pela Fibria um ônibus para o transporte dos alunos.

Para a Secretaria Municipal de Trânsito (Semutran) foi designado o investimento que previu a instalação de um conjunto de sinais de trânsito (semáforo) na Avenida Clodoaldo Garcia e adquirida uma van para o transporte dos agentes, além da aquisição de motos equipadas para a fiscalização do trânsito e um caminhão com guindaste.

A Área da saúde de Três Lagoas será beneficiada com recursos do PBA com a aquisição de um moderno aparelho de densitometria óssea (repondo o único da cidade que estava quebrado), além da reforma e ampliação do Centro Odontológico e do antigo prédio do PAB (Novo CAPS/AD e Clínica Ortopédica).

A segurança no município também recebe investimentos por meio do Corpo de Bombeiros, que ganhará uma Unidade de Suprimento de Ar Respirável e uma caminhonete cabine dupla. Já a Polícia Civil receberá três veículos novos e a Polícia Militar, duas caminhonetes, além da instalação de um sistema de caracterização e comunicação e a aquisição de equipamentos que reforçarão o efetivo. Itens eletrônicos e uniformes já foram entregues. A Polícia Militar Ambiental também foi contemplada e receberá uma caminhonete, equipamentos e acessórios. A Unidade Regional de Perícias também ganhará um veículo equipado.

“Uma empresa que lidera um setor tem de se desafiar e gerar valor para a sociedade. Por isso, é com muito prazer que buscamos construir de forma contínua uma relação de gratidão e de respeito para com Três Lagoas. Queremos que nossa presença no Mato Grosso do Sul seja destacada de forma positiva pelo legado social que estamos construindo. O sucesso do negócio é fruto do desenvolvimento social, e isso é um compromisso assumido e reafirmado com a nossa nova linha de produção nesse município que tão bem nos acolheu”, diz o diretor de engenharia e projetos da Fibria, Júlio Cunha.

Brasilândia

A Fibria reafirma o compromisso com o Programa Básico Ambiental (PBA) que investe R$ 1,2 milhão em reformas e ampliação do hospital no município de Brasilândia (MS).

As obras, que já começaram, contemplam a construção de uma nova ala hospitalar, além de melhorias no prédio atual, como reforma elétrica geral, instalação de gerador para atender os dois centros cirúrgicos, reforma geral da ala de atendimento de emergência, adequações de tomadas em geral para atender demanda dos quartos e emergência, reforma completa da recepção, e pintura geral do prédio.

Selvíria

Serão realizadas obras na reforma da Escola Municipal Nelson Duarte da Rocha. Ações como a revisão do telhado, substituição do forro de madeira existente, adequação das instalações elétricas, reforma geral das salas de aulas (portas, quadros negros, janelas etc) e pintura geral da escola serão realizadas, totalizando R$ 700 mil de investimento.

O Projeto Horizonte 2, que constrói a segunda linha de produção de celulose na unidade de Três Lagoas (MS), atingiu 71% de execução, e a previsão é de que as obras sejam concluídas no início do quarto trimestre de 2017.

Informações à Imprensa

Performa Comunicação

Luciana Navarro | luciana.navarro@performa.com.br

Laila Rebecca | laila.rebecca@performa.com.br

Fernanda Turco | fturco@performa.com.br