- Destaque - Destaque Principal Esporte

Em Mundial de paracanoagem, dois atletas de MS tentam vagas no Rio-16

Fernando “Cowboy” Rufino e Débora Benevides integram a seleção brasileira que disputa Campeonato Mundial da modalidade em Milão, a partir dessa quarta-feira

Dois atletas de Mato Grosso do Sul integram a seleção brasileira de paracanoagem que disputa o Campeonato Mundial da modalidade em Milão, na Itália, o primeiro evento classificatório para os Jogos Olímpicos e Paralímpicos de 2016. Fernando “Cowboy” Rufino e Débora Benevides se juntam a outros nove paratletas, 14 atletas da canoagem velocidade e 19 profissionais em busca do título mundial e de vagas para o Rio de Janeiro. O campeonato reúne atletas de 101 países e começa nessa quarta-feira.

O Mundial de Milão será a primeira oportunidade do Brasil conquistar mais vagas para os Jogos Paralímpicos. A segunda será o Mundial de 2016 em maio na Alemanha. Na paracanoagem, os seis primeiros colocados nas provas KL1, KL2 e KL3, no masculino e feminino, garantem vaga para seu país para o Rio 2016. O Brasil, por ser país-sede, tem assegurada uma vaga no feminino e uma vaga no masculino.

Para Fernando “Cowboy” Rufino, o treinamento e a estrutura oferecidas aos atletas foi fundamental até o momento para os atletas chegarem fortes para o campeonato.

– O nível de todos subiu muito, mas eu também tive uma preparação ainda mais forte. Durante os treinamentos dei meu máximo para tentar fazer um resultado ainda melhor que do ano passado – disse o “Cowboy”, vice-campeão mundial na Rússia, em 2014.

Fernando Rufino e Debora Benevides, atletas da paracanoagem brasileira (Foto: Arquivo pessoal/Debora Benevides)

Por GloboEsporte.com

Campo Grande