- Destaque - Destaque Principal Três Lagoas

Diocese de Três Lagoas inicia ações da Pastoral do Imigrante com auxílio a residência permanente dos haitianos

Ao encontro da reflexão que o Papa Francisco propõe no Ano Santo da Misericórdia, para que sejamos “misericordiosos como o Pai”, e com o intuito de promover a vocação da Igreja, que é mãe e acolhedora, a Diocese de Três Lagoas inicia as ações da Pastoral do Imigrante e confirma o acordo com a embaixada do Haiti em auxiliar na residência permanente dos haitianos que se encontram em situação irregular no município.

A regularização dos haitianos é uma ação que a diocese já desempenhava há dois anos com o auxílio da Cáritas de Londrina (PR), entidade de promoção e atuação social que trabalha na defesa dos direitos humanos e que possui ligação à Santa Sé (Vaticano). Apesar da assistência, no início a procura pelos haitianos era baixa e quando a demanda aumentou a Cúria Diocesana não possuía estrutura adequada para o atendimento.

No final do mês de abril, o representante da embaixada do Haiti, Jacckson Bien, procurou formalmente a Cúria Diocesana para oficializar a parceria e pedir dedicação ao serviço, devido ao prazo de regularização dos haitianos que expira em novembro de 2016.

Diante da urgência, o Bispo da Diocese de Três Lagoas, Dom Luiz Knupp, convocou voluntários engajados com a causa e, sob a coordenação da Irmã Aparecida, Missionária de Nossa Senhora das Graças, foi organizada a Pastoral do Imigrante. “No início tínhamos a proposta de realizar uma missão e auxiliar na regularização da documentação, mas, como o Cristão é dotado de amor divino e obediente ao pedido do Papa Francisco, que nos pede para sermos ‘misericordiosos como o Pai’, a vontade de acolher e ajudar foi além da reunião desses documentos e, agora, temos uma pastoral que irá auxiliar nossos irmãos em diferentes ações como integração social, aulas de português, dentre outras que ainda estão sendo elaboradas”, explica Dom Luiz.

De início os voluntários devem orientar os haitianos sobre a documentação necessária para a aquisição da residência permanente no país, bem como a validação do passaporte, dentre outras questões jurídicas que irão facilitar o acesso ao mercado de trabalho e uma melhor qualidade de vida.

Durante os atendimentos, também será realizada uma triagem com o intuito de levantar os aspectos que necessitam de assistência e que podem ser atendidos pela pastoral. “Queremos acolher não só os haitianos, mas todos os povos, pois, é como está escrito: ‘Já não há judeu nem grego, nem escravo nem livre, nem homem nem mulher, pois todos vós sois um em Cristo Jesus’ (Gálatas 3,28). Somos um único povo reunido pelo amor de Deus, amor este que consola, perdoa e dá esperança por meio da Misericórdia”, diz Dom Luiz.

 

Atendimento

A Pastoral do Imigrante irá atender às terças e quintas-feiras, das 15h às 19h30, e aos sábados das 14h às 17h. A sede provisória será na Rua Bom Jesus, nº 270, Bairro Lapa, entre o Colégio Dom Bosco e a Cúria Diocesana. Mais informações podem ser obtidas pelo e-mail diocese3lhaitianos@gmail.com

 

Doações

A Pastoral do Imigrante aceita doações de material de escritório dentre outros que possam auxiliar na estrutura física do atendimento. Mais informações podem ser obtidas no local ou pelo e-mail diocese3lhaitianos@gmail.com

 

Sobre a Diocese de Três Lagoas

A Diocese de Três Lagoas (Dioecesis Trilacunensis) é uma circunscrição eclesiástica da Igreja Católica com sede episcopal em Três Lagoas (MS). Foi criada pelo Papa Paulo VI em 3 de janeiro de 1978.

Abrange um total de 10 cidades (Três Lagoas, Selvíria, Paranaíba, Aparecida do Taboado, Água Clara, Brasilândia, Chapadão do Sul, Santa Rita do Pardo, Inocência e Cassilândia), e contempla 15 Paróquias com mais de 108 capelas/comunidades.

 

Diácono Roberto Rabelati – Chanceler da Cúria Diocesana de Três Lagoas

Fone: (67) 3521-3027

e-mail: pascom.diocese3lagoas@gmail.com

www.diocese3lagoas.com.br

Pastoral da Comunicação da Diocese de Três Lagoas – Pascom