- Destaque - Destaque Principal Economia

Crise afeta setor de turismo e fecha empresas em MS

Em três anos, 15 empresas foram fechadas e prejuízos chegam a R$ 10 milhões por mês

Em crise, com fechamento de pelo menos 15 negócios e prejuízo estimado em até R$ 10 milhões por mês, agências de viagens de Mato Grosso do Sul estão tentando reverter as perdas financeiras acumuladas pelo setor nos últimos três anos. Os problemas decorrem da migração de vendas das passagens aéreas, pacotes de hospedagem e locação de veículos para empresas de outros Estados e até mesmo para matrizes das próprias operadoras de turismo. 

Além disso, a concorrência com o comércio eletrônico e a facilidade, hoje, de os consumidores encontrarem passagens  por meio da internet esvaziam as agências e trazem danos ao setor.

Diante da situação, representantes do trade turístico estiveram ontem em reunião com o secretário estadual de Cultura, Turismo, Empreendedorismo e Inovação, Athaíde Nery, representantes da Associação Brasileira de Agências de Viagens (ABAV/MS), Sindicato das Empresas de Turismo de MS (Sindetur/MS) e das companhias aéreas Azul, Gol e Avianca. No encontro eles apresentaram uma relação de 300 empresas do Estado de segmentos diversos, apontando que 95% compram serviços e produtos de turismo fora de Mato Grosso do Sul.

 

Representantes do trade turístico estiveram reunidos com secretário de Turismo ontem
(Foto: Divulgação)

 Daniella Arruda Correio do Estado.