- Destaque Geral Policial

Criança de 10 anos morde braço de agressor e ajuda prima de 12 em MS

PM encontra homem com ferida no braço, mas vítimas não reconhecem.
Meninas estavam andando quando homem as levou para matagal.

Duas meninas, de 10 e 12 anos, sofreram tentativa de estupro no Jardim Cerejeiras, em Campo Grande, e só conseguiram se livrar porque a menor mordeu o braço do autor e ao fugir conseguiu ajuda de um homem que lutou contra o indivíduo. Um homem de 26 anos foi detido, mas as vítimas não reconheceram.

O fato aconteceu no domingo (10) e foi registrado como tentativa de estupro. De acordo com a polícias as duas vítimas são primas. As meninas estariam andando de bicicleta em uma rua quando o suspeito abordou as crianças. Ele se mostrou interessado na bicicleta e quando pararam, o indivíduo as levou para um matagal.

A criança de 10 anos mordeu o braço do agressor e fugiu. No caminho encontrou um homem que foi ajudar e lutou contra o homem.

Segundo a polícia, o suspeito chegou a tirar a calça e a peça íntima da criança de 12 anos. Ele foi impedido por um homem que lutou contra ele. O autor acabou fugindo em uma motocicleta, mas a placa foi anotada.

Nesta terça-feira (12), a Polícia Militar encontrou um motociclista que tinha uma marca no braço e o encaminhou à Delegacia de Proteção à Criança e ao Adolescente (DPCA). As duas vítimas foram chamadas. Uma disse que não era ele e a outra ficou em dúvida.

Além disso, as informações sobre a cor da moto e o tipo de capacete foram desencontradas. Ele foi liberado, mas vai passar por exame de corpo de delito.

Do G1 MS