- Destaque - Destaque Principal Política

Convocação de suplentes deve atrasar votação de Processante

Prevista para esta quinta-feira (28), a votação para criação da Comissão Processante que irá avaliar cassação do prefeito Gilmar Olarte (PP) deve ficar para, no mínimo, a próxima semana. Isso porque parecer que será emitido até o fim da tarde de hoje (26) pela Procuradoria Jurídica da Câmara de Vereadores vai sugerir que a Casa de Leis questione o Tribunal Regional Eleitoral (TRE) e publique convocação de suplentes em diário oficial.

Apresentado pelos vereadores Marcos Alex (PT), Luiza Ribeiro (PPS) e Thais Helena (PT), na última terça-feira (19), o pedido da criação da Processante tem o prazo até hoje para ser analisado pelo jurídico da Casa da Leis.

No documento, a Procuradoria vai recomendar que a Casa encaminhe o pedido para votação, no entanto, antes disso, alguns trâmites burocráticos precisão ser feitos.

Em razão de três vereadores terem feito o pedido, eles não votam. Diante disso, os seus suplentes serão convocados. São eles: Aldo Donizetti (PPS), Roberto Durães (PT) e Lucio Maciel (PT).

Para isso, a mesa diretora da Câmara será orientada a questionar o TRE sobre a situação dos suplentes pessoalmente e depois publicar a convocação em diário oficial. Esses trâmites devem fazer com que a votação da Processante fique para a próxima semana.

OPINIÕES

Apesar de não mais se pronunciar como líder de Olarte na Câmara, Edil Albuquerque (PMDB) afirmou que a abertura da Processante não irá se concretizar porque o prefeito tem maioria na Câmara. Para que seja aberta, a Processante precisa de pelo menos 20 assinaturas.

Para Chiquinho Telles (PSD), a oposição quer cassar o prefeito a qualquer custo. “Essa Processante é colocar a carroça na frente dos bois, uma vez que há uma CPI que investiga as contas públicas, um processo semelhante ao que ocorreu com o Bernal. Acredito que não passará a processante”, disse.

Luiza Ribeiro (PPS) acredita que o pedido será votado ainda na quinta-feira.

Votação só deve ser feita na próxima semana
(Foto: Kleber Clajus/Correio do Estado)

Correio do Estado