- Destaque - Destaque Principal Três Lagoas

Comitê definirá estratégias no combate ao mosquito Aedes Aegypti

Equipe é formada por técnicos lotados na Secretaria Municipal de Saúde

Os técnicos lotados na Secretaria Municipal de Saúde começarão a se reunirem partir da próxima semana, para definirem estratégias no combate ao mosquito da Dengue, Zika e Chikungunya. A ação faz parte do Comitê Técnico ao Vetor Aedes Aegypti, criado pela portaria nº 02/16 e publicada no Diário Oficial da última segunda-feira (18).

 

Segundo a diretora do Departamento de Vigilância em Saúde, Neide Yuki, o objetivo do Comitê é a partir das reuniões levantarem estratégias para diminuir a incidência do mosquito Aedes Aergypti e o número de casos na Cidade. “Nós já realizávamos este trabalho, mas não havia tanta proximidade entre outros técnicos. Agora com a criação do comitê, teremos maior aproximação entre nós para que todos estejam realmente envolvidos na causa”, disse.

Neide informou que de início, as reuniões serão realizadas uma vez por mês, mas dependendo do caso, poderão acontecer a cada quinze dias. Os encontros serão na sede do Departamento de Vigilância em Saúde, localizado na rua David Alexandria, 1426, bairro Vila Nova.

A iniciativa segue o Estado que criou no final do ano passado, o Comitê Estadual da Força Tarefa de Combate, Controle, Prevenção e Redução do Aedes Aegypti no Mato Grosso do Sul.

ESTRATÉGIAS

As principais ações que serão realizadas pelo Comitê estão entre elas o planejamento e organização de serviços, acompanhamento e avaliação das ações de combate e prevenção da epidemia de Dengue, Chikungunya com ênfase para a febre Zika em consonância com as diretrizes do SUS e do Estado de Emergência em Saúde Pública de Importância Nacional-ESPIN – MICROCEFALIA.

Na área da prevenção, o comitê deverá propor estudos que subsidiem a implantação e execução de projetos educativos, preventivo e assistencial, e ações de caráter emergencial. Também colaborará com a elaboração do Plano de Contingência ao Aedes Aegypti, e, planejar e realizar campanhas tais como a do “Dia Nacional de Mobilização contra a Dengue”.

A equipe deverá apoiar ações educativas de conscientização dirigidas à comunidade em geral e mecanismos de divulgação na prevenção da doença e controle do vetor. Também acompanhará e prestará assessoria aos agentes de Saúde e Endemias, visando promover as mudanças de hábitos na comunidade em geral e estudantil para diminuírem a proliferação de Aedes Aegypti.

E por fim, o comitê fará o acompanhamento e assistência aos pacientes e em especial às gestantes e mulheres em idade fértil com suspeita de febre Zika e, consequentemente, reduzir a letalidade das formas graves da doença.

COMPOSIÇÃO DO COMITÊ

1 – Neide Hiroko Yuki da Silva -Representante da Vigilância em Saúde

2- Maria Aparecida de Oliveira- Representante da Vigilância Sanitária

3- Gisleine Tabox Saiar- Representante da Saúde Ambiental

4- Benício Donizette da Silva-Representante do Setor de endemias

5- Fernando Garcia Brito – Representante da Educação em saúde

6- Georgia Medeiros de Castro Andrade – Representante da Entomologia

7- Adriana Louro Spazzapan – Representante da Epidemiologia

8- Christovam Tabox Bazan- Representante do Centro de Controle de Zoonoses

9- Jane Ferreira Martins- Representante Assistência a Saúde.

 

Fonte: Assessoria de Comunicação da Prefeitura de Três Lagoas