- Destaque - Destaque Principal Geral

Autoescolas terão que instalar câmera, GPS e biometria em veículos

Dados captados durante as aulas serão enviados para uma central de monitoramento

A partir do mês que vem, as autoescolas de Mato Grosso do Sul terão que instalar em seus veículos câmeras de monitoramento, aparelho GPS e sistema de biometria, que funcionarão durante as aulas de instrução no trânsito. A exigência do Departamento Estadual de Trânsito de Mato Grosso do Sul (Detran-MS) foi anunciada na manhã desta terça-feira (16) pelo diretor-presidente da instituição, Gerson Claro Dino.

“Estamos trabalhando para que em março já tenha esse monitoramento nas aulas”, garantiu Gerson Claro, explicando que atualmente, o exame prático aplicado junto ao Detran já é controlado por câmera, GPS e também biometria do instrutor, examinador e candidato submetido a prova.

Diretor-presidente do Detran esclareceu, ainda, que a implementação ocorrerá de forma a atingir todas as aulas e Centro de Formação de Condutores (CFCs). As despesas do monitoramento durante o exame são de responsabilidade do órgão público, enquanto a instalação dos sistemas nas aulas será obrigação das autoescolas.

Os dados captados durante as aulas serão enviados para uma central de monitoramento e a nova exigência tem a finalidade de evitar fraude no processo de habilitação de condutores.

LOMBADA ELETRÔNICA

O diretor do Detran também anunciou sistema de câmeras em lombadas eletrônicas, que além da velocidade do veículo, vão fazer a leitura de qualquer tipo de irregularidade que o carro tiver, como notificação de roubo, furto, documento ou seguro atrasados.

“Num primeiro momento queremos interligar isso com o sistema da polícia para que a polícia receba o sinal dessa irregularidade por onde esse veículo passou. Num segundo momento, esse veículo irregular poderá ser notificado e, se não regularizar em 30 dias pode ser autuado porque nós vamos poder identificar o trânsito dele nas vias”, afirmou o diretor.

Atualmente, apenas 10 lombadas no Estado funcionam com o sistema de câmeras que podem fazer a “varredura” nos veículos. O Detran não informou quantas terão depois da ampliação do serviço.

Instalação dos sistemas nas aulas será obrigação das autoescolas
(Foto: Bruno Henrique / Correio do Estado)

Correio do Estado