- Destaque - Destaque Principal Política

Antonio João se afastará da presidência do PSD em Mato Grosso do Sul

Kassab pediu ao ex-senador indicar o novo dirigente do partido

O presidente do Diretório Regional do PSD, ex-senador Antonio João Hugo Rodrigues, formalizou ontem (08), seu afastamento do comando do partido no Estado. Ele, porém, será o responsável por indicar o novo dirigente regional da sigla. A decisão de deixar o comando do partido foi feito pessoalmente a Gilberto Kassab —fundador do partido e ministro das Cidades —, e ao presidente nacional do PSD, Guilherme Campos, em reunião na sede da legenda, em Brasília.

No encontro, Antonio João explicou a Kassab e Campos que, nas últimas eleições  houveram divisões dentro do partido, bem como em outras legendas no Estado. “Essa eleição deu uma mostra muito grande, o PSD, aliás como em todos os partidos, cada membro foi para um lado independente de partido e cor partidária. Uma parte do PSD ficou, esta parte está sendo mantida. A parte que não ficou tem de ser substituída e está sendo substituída para que o partido tenha unidade”.

Como proposta para deixar o partido no comando de políticos responsáveis e que deem continuidade ao trabalho iniciado por Antonio João — que foi o fundador do PSD Nacional e Regional — a proposta é trazer o deputado estadual Marquinhos Trad e o ex-deputado federal Fabio Trad para a legenda.  “Agora vem o Marquinhos (Trad) também, se Deus quiser, vou convidá-lo a vir para a legenda. Ele queria vir para o PSD, ele não pensava assim: quero ir para ser presidente de qualquer partido. Ele queria vir para o PSD. Agora ele tem a  chance de vir para comandar o partido em nível municipal e o Fábio (Trad), se aceitar, comandar o partido em nível estadual. Vai ser do jeito que eles acharem melhor. Os dois  são as minhas indicações para o Kassab, e o presidente Guilherme (Campos). Eles são políticos eleitorais, políticos da política, eu sou político ocasionalmente. De repente me chamam eu vou, arrumo,  ajudo. Entrei no PTB, fortaleci o partido. Depois sai do PTB. Agora no PSD fui para fundar o partido. Estou feliz”.

 

Kassab e Antonio João discutem a troca de comando
(Foto: Clodoaldo Silva / Correio do Estado)

Correio do Estado