Conheça:

Pessoas se reúnem no 23º aniversário de morte do fundador do país, Kim Il Sung, em Pyongyang. Coreia do Norte
8/7/2017 KCNA/via REUTERS

Duas agências de turismo que organizam viagens para a Coreia do Norte disseram nesta sexta-feira que o governo dos Estados Unidos proibirá em breve que cidadãos norte-americanos viajem para o território norte-coreano, depois da morte de um estudante dos EUA que foi detido durante uma viagem ao país.

A Koryo Tours disse que a proibição será anunciada no dia 27 de julho e que entrará em vigor 30 dias depois. A agência afirmou que a embaixada sueca, que lida com questões consulares para os Estados Unidos na Coreia do Norte, repassou a informação sobre a proibição, mas não disse quanto tempo irá durar.

"Mas, parece ser o caso que, em pouco mais de um mês, será impossível para norte-americanos visitarem como turistas", disse o gerente-geral da Koryo Tours, Simon Cockrell, à Reuters, por telefone.

Outra agência de viagens, a Young Pioneer Tours, disse em seu site que também foi informada sobre a proibição, citando a mesma data.

"Depois do período de carência de 30 dias, qualquer cidadão dos EUA que viajar para a Coreia do Norte terá seu passaporte invalidado por seu governo", disse.

A embaixada dos Estados Unidos na capital da Coreia do Sul, Seul, não respondeu de imediato aos pedidos por comentários.

Cotação do Dólar

Quem está Aqui!

Temos 25 visitantes e Nenhum membro online