Conheça:

Penitenciária de Segurança Média de Três Lagoas. (Foto: Arquivo/ Perfil News).

Servidores da Agência Estadual de Administração do Sistema Penitenciário (Agepen) conseguiram frustrar, na noite passada (6), dois planos de fuga de internos da Penitenciária de Segurança Média de Três Lagoas (PSMTL).

Por volta das 22 horas, um agente penitenciário da equipe de plantão observou o interno José Alexandre Trindade Neto fora da cela 7, no pátio do pavilhão IV. O servidor e demais companheiros renderam o detento e, após realizarem vistoria corporal, o alojaram em cela disciplinar.

Ao realizarem um procedimento chamado "bate grade", em que verificam a estrutura de todas as grades das celas, os agentes constataram que na cela 11 também havia grades serradas, sendo identificado o custodiado Willian Ferraz da Silva como o responsável. O reeducando tem histórico de fugas, já tendo conseguido fugir da unidade prisional no dia 14 de janeiro deste ano, sendo recapturado dois dias depois. Mas dessa vez, não teve tempo nem de sair da cela e agora está alojado em cela disciplinar. A Agepen analisa demais providências necessárias.

"Só temos a elogiar a equipe plantonista que, de forma extraordinária, conseguiu administrar a situação", destacou o diretor da PMSTL, Raul Ramalho, que se deslocou na noite de ontem até a penitenciária para acompanhar os trabalhos, juntamente com as chefias de disciplina e vigilância.

As duas celas danificadas foram isoladas, passaram por perícia técnica, e agora receberão reparos. Os demais internos que estavam nessas celas foram redistribuídos e caso seja identificado, nas apurações internas, que mais algum tenha envolvimento também receberá as punições cabíveis, entre elas responder pelo crime de dano ao patrimônio.

(*) Assessoria de Imprensa da Agepen

Cotação do Dólar

Quem está Aqui!

Temos 15 visitantes e Nenhum membro online