Conheça:

A polícia afirmou que o piloto era de nacionalidade australiana e que os quatro passageiros, todos homens, eram americanos.

"O piloto e os passageiros, que ainda não foram formalmente identificados, morreram no local", disse em comunicado a polícia do estado de Victoria.

 

A polícia afirmou que o piloto era de nacionalidade australiana e que os quatro passageiros, todos homens, eram americanos.

Antes, o chefe do governo do estado australiano de Victoria, Daniel Adnrews, evitou precisar o número de vítimas no acidente que teria sido provocado por uma falha no motor.

O pequeno avião Beechcraft, que se dirigia à ilha King, na Tasmânia, e caiu pouco após decolar às 9h (horário local, 19h de segunda-feira em Brasília) do aeroporto de Essendon, o segundo em importância de Melbourne.

A aeronave emitiu um alerta quando decolava, segundo declaração do superintendente da polícia de Victoria, Mick Frewen, explicando que aparentemente se tratou de "uma falha catastrófica do motor".

Várias unidades de bombeiros se encontram no DFO, no bairro de Essendon Fields, no norte da cidade australiana de Melbourne, tentando controlar as chamas provocadas quando avião se chocou na parte traseira de dois estabelecimentos comerciais.

A polícia, que investiga as causas do acidente, afirmou que nenhuma pessoa do centro comercial ficou ferida, no entanto, diversas testemunhas, em estado de choque, tiveram que ser atendidas.Uma testemunha do acidente que se identificou somente como Jason disse à ABC que viu o acidente de um táxi.

"Vi que voava muito baixo e rápido. Passou por trás do muro e não pude ver o choque, mas quando impactou o edifício surgiu uma imensa bola de fogo. Depois o que parecia a roda do avião rebateu na estrada e bateu na parte dianteira do táxi enquanto estávamos em movimento", comentou a testemunha à emissora.

Cotação do Dólar

Quem está Aqui!

Temos 16 visitantes e Nenhum membro online