Conheça:

O dia 10 de janeiro de 2017, Admar Camilo de Caldas de 45 anos e Jane Caldas de 38 anos, deveriam ter motivos apenas para ficarem felizes e comemorar a chegada da quinta filha do casal, porém as coisas saíram bem diferentes do que haviam planejado.

 

Jane teve complicações no parto e Caldas se viu diante de um precoce "adeus" ao seu grande amor, quando esperava apenas para dizer um "oi, eu sou seu pai" à sua a filha caçula.

Em um dos momentos mais difíceis da sua vida, ele teve que tirar forças e amparo de onde menos esperava para enterrar a mãe de seus filhos, e aguentar todo o sofrimento de ter que seguir em frente sem a sua companheira e cuidar da pequena Laís de apenas 11 dias, que não conheceu a mãe.

 

Casado há 25 anos, Caldas conta que a esposa teve uma gravidez tranquila e esperava feliz e ansiosa pela chegada da caçulinha da casa. Na terça-feira passada, ela começou a sentir as contrações e foi para o hospital aguardar o nascimento da bebê, que veio ao mundo de parto normal. Porém, Jane sofreu uma hemorragia devido à ruptura uterina, e faleceu horas após o nascimento de Laís.

 

A notícia da morte de Jane causou comoção nas redes sociais e surpreendeu a família do trabalhador de serviços gerais.

"Eu agradeço a manifestação de carinho, estou surpreso com o coração bom dos moradores de Três Lagoas, que está me ajudando com doações de fraldas, latas de leite e roupas. Gostaria de alertar que tem pessoas exagerando na internet, falando que eu não tenho nada, isso não é verdade. Minha filha, já tinha berço e um pouco do enxoval dela já estava comprado", disse.

Caldas conta com a ajuda de uma irmã e dos filhos para cuidar da pequena Laís. Segundo ele, a recém nascida tem sido muito paparicada e é ela que tem dado forças para a vida continuar e superar este momento tão difícil e doloroso.

Ele acrescenta que doações de fralda e leite serão bem-vindas.

 

Redes Sociais

Sensibilizada com a dor de Caldas, a jovem Larissa Ingrid Onory Feitosa de 17 anos, iniciou uma campanha no Facebook para ajudar a família. Ela ficou sabendo da história da pequena Laís, através do seu patrão.

Larissa disse que a esposa de seu chefe ganhou bebê no mesmo período de Jane e que ainda no hospital soube do ocorrido. A jovem que perdeu o pai de forma trágica há apenas oito meses, se comoveu com a dor da família e decidiu ajudar.

 

"Eu sei o que é perder uma pessoa que a gente ama, perdi meu pai e sei como dói demais. Fiquei surpresa com a ajuda rápida das pessoas, muita gente entrou em contato comigo pelo Facebook e Whatsapp, outras já foram até a casa da família para levar doações", declarou.

Larissa que ainda não conhece Caldas e seus filhos pessoalmente, falou que vai até a residência da família conhecê-los e ajudar no que for possível.

A mãe de Larissa, Adriana Flávia Fonseca Onory Feitosa de 41 anos disse estar orgulhosa da atitude da filha.

 

“A Larissa sempre foi uma menina caseira, bondosa e sempre disposta a ajudar o próximo. Como ela tem muitos amigos, postou no face o drama de Caldas e conseguiu ajuda de muitas pessoas", declarou.

 

A minha filha tem um coração bom, apesar de todo sofrimento que ela está passando com a morte do pai, ela teve força para ajudar outra pessoa que está passando pelo mesmo sofrimento que ela.

O gesto de Larissa mobilizou no Face uma cidade inteira com amor e esperança.

 

Cotação do Dólar

Quem está Aqui!

Temos 7 visitantes e Nenhum membro online